Instituto C&A a favor da moda circular

Partilhar

Estamos incentivando a transição para a moda circular apoiando soluções sustentáveis e investindo em iniciativas inovadoras com o potencial de transformar a indústria.

Da produção da matéria-prima ao descarte de uma peça de roupa existe um longo caminho onde a conservação do meio ambiente ainda não é prioridade. Considerada uma das maiores cadeias de produção do mundo, a indústria da moda é também uma das mais agressivas no que se refere aos impactos socioambientais que gera.

Apesar da crescente preocupação do setor com esses impactos, as mudanças têm acontecido lentamente. O Instituto C&A acredita que é hora de olhar para a moda visando uma indústria que use e reuse materiais seguros, que diminua impactos negativos no meio ambiente e que repense a forma como nossas roupas são feitas, usadas e reutilizadas. 

“Nosso objetivo é acelerar a transformação positiva do setor da moda no Brasil, por isso apoiamos iniciativas capazes de construir as bases de modelos de negócios circulares”, explica a gerente de Matérias-Primas Sustentáveis, Margarida Lunetta, que está à frente do programa Moda Circular do Instituto C&A.  

Sabemos que para transformar a indústria precisamos atuar colaborativamente. Pensando nisso, o Instituto C&A apoia parceiros que atuam em diferentes frentes, mas com o mesmo objetivo: impulsionar a transição para a moda circular. Estamos fazendo isso ao:
 

  • Apoiar o desenvolvimento e acesso a dados e metodologias que permitam a implementação de modelos de negócios circulares
  • Acelerar as inovações que suportem a transição da indústria para a moda circular e que beneficiem a vida das pessoas envolvidas com o setor
  • Criar condições que escalem a implementação de modelos de negócios circulares 

Fica mais fácil entender como a mudança está acontecendo ao conhecer o trabalho das nossas organizações parceiras. A seguir, apresentamos três exemplos de iniciativas que estão ajudando a impulsionar a economia circular no setor.

Apoiando a implementação de modelos de negócios circulares 
Entendemos que para implementar negócios circulares no setor precisamos desenvolver e dar a acesso a dados e metodologias. Por isso apoiamos a MateriaBrasil e seu projeto Materiamundi, que teve início em 2014. A iniciativa trata-se de uma biblioteca que cataloga e analisa materiais de baixo impacto ambiental e alta contribuição social para o Brasil, publicando toda a informação em uma linguagem simples e de fácil compreensão para o público geral, levando em conta os impactos dos materiais nos seres humanos e no meio ambiente.

“Acreditamos na livre disseminação do conhecimento como uma ferramenta essencial para alcançarmos as mudanças que queremos no mundo", afirma Manuela Marçal Yamada, sócia da MateriaBrasil.

Acelerando inovações
Entre as principais iniciativas de moda circular que o Instituto apoia, podemos destacar o Fashion For Good. Fundado pelo time global do Instituto C&A em 2017, ele foi criado com o objetivo de conectar marcas, instituições e organizações sociais que estão repensando a forma como é feita a escolhas dos materiais, dos produtos químicos, a forma de produção, venda e de uso na moda. 

O Fashion For Good funciona como um centro de inovação que oferece apoio técnico e financeiro para que inovadores em fase inicial encontrem suporte para crescer. Além disso, trabalha para dar escala às iniciativas já bem-sucedidas, conectando-as com o mercado. Esse ambiente permite que inovações circulares sejam testadas, aceleradas e produzidas em escala.

Entre os apoiadores da iniciativa estão marcas como Adidas, C&A, Stella McCartney, Target, Zalando, Galeries Lafayette e Kering, dona das marcas Gucci e Puma.

Em seu primeiro ano de funcionamento o centro recebeu 15.405 visitantes, contou com mais de 15 inovadores compartilhando o espaço de co-working e apoiou 39 iniciativas inovadoras relacionadas a matérias-primas, corte, costura e acabamento e fim de uso. Mais informações sobre essa iniciativa estão disponíveis aqui

Dando escala
Levando em conta a importância de promover discussões, com o objetivo de gerar massa crítica sobre o assunto e, consequentemente, influenciar os tomadores de decisão a respeito do tema, o Instituto apoia o evento ColaborAmerica, festival que conecta pessoas em prol da construção de uma nova economia que valorize a diversidade, o meio ambiente e reduza as desigualdades sociais na América Latina. 

Anualmente, o evento reúne líderes empresariais, políticos, ativistas e cidadãos interessados em contribuir de alguma forma com um modelo econômico mais consciente e mais colaborativo. Iniciativas como essa são uma oportunidade de ouvir diferentes partes da indústria na hora de pensar em possíveis soluções para o setor.


 

Partilhar