No Instituto C&A, acreditamos na importância de dados e pesquisa

Aqui você encontrará publicações e relatórios de dados e pesquisas encomendados pelo Instituto C&A

Dados e fatos: informalidade na indústria da moda

A informalidade na indústria da moda tem diferentes facetas. Há casos em que ela ocorre numa parte da cadeia produtiva ou do varejo, e há casos em que se espraia da produção à venda. Essa publicação tem como objetivo apresentar os principais dados da informalidade na indústria da moda brasileira.

Dados e fatos: industria da moda

A indústria da moda ocupa milhões de pessoas no mundo em torno da tarefa de produzir e vender vestimentas: roupas, calçados e acessórios. Os dados e fatos aqui reunidos fazem parte de uma série de publicações apoiada pelo Instituto C&A, com o objetivo de compreender melhor os desafios dessa indústria.

Projeto Legado

Ao longo de 24 anos, o Instituto C&A investiu em projetos de educação e acumulou vasta experiência nessa área. Em 2015, porém, decidiu-se que o investimento social passaria a ser feito em ações que apoiassem o desenvolvimento sustentável da cadeia produtiva da moda. Foi preciso, então, estudar a melhor maneira de encaminhar os projetos dos quais o Instituto C&A participava. Essa publicação sistematiza o conhecimento adquirido ao longo dessa trajetória.

Moda Circular no Brasil

O estudo aqui apresentado, realizado pelo Centro de Inovação em Economia Circular - iniciativa da Universidade de São Paulo (USP) voltada para o desenvolvimento dos conceitos, difusão de conhecimento, projetos e inovações associadas à Economia Circular - contou com o apoio do Instituto C&A. A intenção da publicação é abordar o contexto da economia circular na indústria da moda brasileira.

Aprendizados sobre acordos de negociação coletiva em Bangladesh

Entendendo a importância dos acordos de negociação coletiva na indústria da moda, o Instituto C&A apoiou o desenvolvimento de um documento sobre o processo de criação de um acordo de negociação coletiva em Bangladesh. O documento captura a eficácia desses acordos como ferramenta para o empoderamento de trabalhadores e promoção de uma indústria mais responsável e sustentável.

Legado da educação

Entre 1991 e 2018, tivemos como uma de nossas prioridades no Instituto C&A aquilo que mais tem potencial de transformar: a educação. Atuamos por todos esses anos com o foco no desenvolvimento da criança e do adolescente, apoiando e fortalecendo parceiros que trabalhavam pela causa. Esse site reúne grande parte do conhecimento produzido durante esse período.

Avaliação do impacto social e econômico na agricultura de algodão em Madhya Pradesh

O Instituto C&A solicitou à American Institutes for Research (AIR) e sua parceira, a Outline India, que projetasse e implementasse uma avaliação do impacto social sobre as características da produção de algodão em Madhya Pradesh, na Índia.

A Transição para a moda do bem

Junto com nosso parceiro Fashion for Good, pedimos ao instituto de pesquisa de mudança de sistemas, DRIFT, o desenvolvimento de um estudo sobre as principais causas de problemas persistentes na indústria da moda e a identificação de potenciais padrões, pressões e alavancas relacionadas à mudança transformadora.

Avaliação do impacto social, econômico e ambiental na agricultura de algodão em Madhya Pradesh

Este relatório combinado é o resultado de dois estudos encomendados pelo Instituto C&A sobre a agricultura de algodão em Madhya Pradesh, na Índia. A American Institutes for Research (AIR) e sua parceira, a Outline India, projetaram e conduziram uma avaliação de impacto social, enquanto o foco da Thinkstep India foi a avaliação do impacto ambiental.

Frankly Speaking: Estudo de caso de uma Fundação focada em impactos de forma incomum

Este estudo de caso sobre o Instituto C&A é o terceiro da série “Frankly Speaking” da Giving Evidence, na qual eles compartilham e discutem exemplos interessantes na filantropia.

Relatório sobre o mercado orgânico de algodão 2018

O Relatório sobre o mercado orgânico de algodão 2018 da Textile Exchange está repleto de dados e análises, juntamente com os apanhados gerais de países cada vez mais populares e histórias condensadas, e inspiradoras, sobre o campo orgânico.

Cotton Up: Um Guia para Aquisição de Algodão Sustentável

CottonUp, um guia prático para aquisição de algodão mais sustentável. O guia foi criado com a visão de uma indústria de algodão que é uma força para o bem dos trabalhadores e do meio-ambiente ao longo de toda a cadeia de suprimentos.

Avaliação do ciclo de vida dos sistemas de cultivo de algodão

Visando expandir o conhecimento sobre impactos ambientais, o Instituto C&A encomendou uma Avaliação de ciclo de vida (Life Cycle Assessment, LCA) da Better Cotton, de sistemas de cultivo de algodão convencional e orgânico, de acordo com os princípios da norma ISO 14040/44, para documentar os resultados. A LCA é uma ferramenta reconhecida que quantifica impactos ambientais dos sistemas de produtos ou dos produtos, e ajuda a descobrir potenciais de melhoria.

Programa Drip Pool: Mecanismo financeiro inovador gerenciado pela comunidade

O Programa Drip Pool do Instituto C&A destaca a importância de iniciativas agroecológicas e a colaboração em toda a indústria para melhorar os meios de subsistência de pequenos agricultores, ao mesmo tempo em que aborda os desafios ambientais.

De boicote a uma explosão? Um mapa socioambiental da indústria de vestuário de Myanmar em 2016

O Instituto C&A encomendou à Impactt - consultoria especializada em comércio ético, direitos humanos e padrões de trabalho - uma analise do impacto socioambiental do dramático crescimento da indústria de vestuário de Myanmar.

Relatório PAN sobre dependência de produtos químicos usados no algodão

O algodão suporta cerca de 100 milhões de famílias rurais em todo o mundo e fornece emprego e renda. Mas o algodão também tem sido associado a diversos problemas: desde o trabalho forçado e infantil até o envenenamento de agricultores e suas famílias por pesticidas e a poluição ambiental. Uma série de iniciativas já está lidando com esses problemas, mas ainda há muito a fazer.

Defendendo uma tese pela resolução de conflitos

Uma nova pesquisa da Business for Social Responsibility (BSR) explorou o impacto do sistema de resolução de conflitos trabalhistas de Myanmar, uma vez que o país continua a abrir suas fronteiras para cadeias de fornecimento internacionais. O sistema foi estabelecido em 2012 para proteger e fazer cumprir os direitos e obrigações dos trabalhadores e empregadores em todas as indústrias, e tem obtido bons resultados no setor de vestuário.

Relatório encoraja seguro nacional contra lesões

Um novo relatório da Universidade de Sussex intitulado “Direito dos Trabalhadores à Compensação após os Desastres na Fábrica de Vestuário: Fazer dos Direitos uma Realidade” exige as mudanças necessárias para garantir a remuneração dos trabalhadores como um direito, e não como uma forma de caridade.

O que incentiva a moda sustentável: lições de empreendedores

Aproximadamente 75 milhões de pessoas são empregadas atualmente pela indústria de vestuário. É um número que praticamente quadruplicou nos últimos 15 anos. Com seu crescimento exponencial, os custos da moda também aumentaram. Mas enquanto os críticos dizem que mudar o comportamento das empresas simplesmente não é lucrativo, os inovadores sociais estão provando que existem maneiras criativas e práticas de trazer fábricas e marcas a bordo.

Força de trabalho do setor de vestuário de Yangon

Em maio de 2017, o Instituto C&A incumbiu a Enlightened Myanmar Research Foundation e a Andaman Research & Advisory para a realização de um estudo sobre a força de trabalho do setor de vestuário. O Instituto C&A e seus parceiros reconheceram a falta de fortes evidências quantitativas sobre a demografia e a situação econômica destes trabalhadores, pensando nisso, o relatório procura fornecer um primeiro passo para entender quem são e como vivem os trabalhadores desse setor em Myanmar, e como as organizações podem atuar para capacitá-los.